Compromisso do educador e alegria da Docência são destaques na Jornada Pedagógica de Ibititá

Principal palestrante do evento, o professor Celso dos Santos Vasconcellos demonstrou a alegria de estar na Bahia, estado que, segundo ele, “desperta a brasilidade em todos nós”.

Data:

“Educação: Desafio de ser e fazer acontecer”. Esse foi o tema da Jornada Pedagógica 2018 do município de Ibititá, cuja solenidade de abertura foi realizada nesta quinta-feira (25), no pátio da Escola Hermano Marques Dourado, na sede da cidade. A composição da mesa de honra foi precedida por uma mensagem bíblica e pela execução do hino nacional e do hino de Ibititá. A secretária municipal de Educação, Kaliandra Lúcia de Lima Pereira, deu boas vindas aos presentes e falou da “satisfação” de fazer parte de uma equipe comprometida com o futuro de Ibititá. Neste ponto, num gesto nobre de reconhecimento, ela citou nominalmente todas as integrantes e todos os membros da equipe e agradeceu pela presteza, desprendimento e dedicação. Também presente, a consultora pedagógica Fabrízia Pires Oliveira, na condição de ex-secretária de Educação, teve seu nome registrado em reconhecimento ao legado e aos serviços prestados ao município.

Principal palestrante do evento, o professor Celso dos Santos Vasconcellos - doutor em Educação, mestre em História e Filosofia, escritor e conferencista, dentre outras façanhas curriculares - demonstrou a alegria de estar na Bahia, estado que, segundo ele, “desperta a brasilidade em todos nós”. Logo de início, Celso Vasconcellos parabenizou a gestão Cafu Barreto pela organização da jornada e pelo “respeito aos professores”. Empolgado com a energia positiva da terra “mãe do Brasil”, o conferencista citou o educador e pensador baiano Milton Santos para ilustrar as discrepâncias entre teoria e prática e para tratar sobre o “âmago da Educação”. “Ser intelectual é olhar para o futuro. Eu desejo do fundo do coração que cada aluno que seja recebido por vocês em sala de aula tenha a felicidade de enxergar o futuro nos seus olhares”.

Num dos pontos altos da palestra, Celso Vasconcellos exemplificou porque “ser professor é uma das atividades mais complexas executadas por um ser humano”. “O desafio de ensinar saberes importantes a todos requer comprometimento com o desenvolvimento e a alegria plena, com a formação do caráter e o encaminhamento profissional”, observou. Antes de abrir espaço para perguntas e interação com o público, o doutor e mestre abordou temas como “metodologia dialética em sala de aula” e “didática de ensino”. Além disso, fez questão de enaltecer as “grandes alegrias da docência”. “Para que haja produção de sentido e transcendência, é preciso recuperar a alegria, satisfação e o prazer de ensinar”.

Além da titular da pasta e do conferencista, também ocuparam assento na mesa o presidente da Câmara de Vereadores, Celson Marques, o secretário municipal de Finanças, Edinael Barreto (que representou o prefeito neste ato); Maria Áurea Gomes dos Santos, representante dos professores da rede, e mais: Cleia Maria Queiroz, pedagoga e especialista em Gestão e Educação Contextualizada; o doutor e mestre Celso dos Santos Vasconcellos, palestrante do evento; João Batista Medeiros, representante do setor pedagógico do município; a nutricionista Marilla Alencar, o engenheiro agrônomo Anselmo Alencar e as secretárias Mônica Matos (Agricultura) e Stéfany Vieira Amaral (Saúde).

Prefeitura de Ibititá - Cidade em Desenvolvimento