Em virtude da seca, União reconhece estado de emergência em Ibititá

‘Vamos buscar parcerias com o Estado e União para trazer recursos e investimentos para melhorar a vida da nossa gente’, destacou o prefeito Cafu Barreto.

Data:

Devido à longa estiagem que a região enfrenta nos últimos meses, a União reconheceu o Estado de Emergência da cidade de Ibititá, nesta segunda-feira, dia 27.  O Estado da Bahia já havia reconhecido a situação há algumas semanas. Com a medida, as prefeituras citadas passam a ter acesso às ações emergenciais da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) para socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, como o abastecimento de água potável à população.

Além de viabilizar o acesso aos programas de fornecimento de água tratada, como a Operação Carro-Pipa, o reconhecimento também permite que os municípios tenham direito a outros benefícios, como a renegociação de dívidas no setor de Agricultura, a aquisição de cestas básicas e o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas.

 Segundo o prefeito Cafu Barreto, o município não tem medido esforços para atravessar este momento delicado. “Estamos buscando todas as alternativas para amenizar os efeitos da seca na vida das famílias ibititaenses. Vamos buscar parcerias com o Estado e União para trazer recursos e investimentos para melhorar a vida da nossa gente”, finalizou o gestor. Apesar da chuva que abençoa a região desde a madrugada de hoje, a situação ainda está longe de ser resolvida em virtude dos danos causados pela seca.

Prefeitura de Ibititá – Cidade em Desenvolvimento