Programa Cisternas nas Escolas chega às Comunidades do Campo em Ibititá

Objetivo principal a formação de professores, alunos e famílias para a convivência sustentável com o Semiárido.

Data:

Numa parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Prefeitura de Ibititá, as escolas do campo foram contempladas com o Programa Cisternas nas Escolas. Estão sendo construídas cisternas de consumo com capacidade de captar e armazenar até 52 mil litros de água nas unidades de ensino localizadas nas comunidades de Alto da Cruz, Batatas, Boa Vista, Canoão, Faveleira, Feira Nova, Lagedão, Lagoa da Pedra, Lagoa do Leite, Lagoa do Zé Mendes, Ouricuri, Pau D’arco, Pedra Lisa, Recife dos Cardosos e Recife do Lino. 
Como parte do programa, gestores escolares e profissionais da educação destas comunidades participaram de duas oficinas de educação contextualizada: a ação está sendo realizada pelo Centro de Assessoria do Assuruá (CAA) em parceria com a Articulação do Semiárido (ASA) e tem como objetivo principal a formação de professores, alunos e famílias para a convivência sustentável com o Semiárido, otimizando o uso da água captada nas cisternas.